Tecnologia - ferramenta ou "muleta"?

05:00

Agenda de celular, computador, GPS, calculadora, aplicativos diversos de controle. A tecnologia evolui a passos largos e a cada dia surgem novidades prometendo facilitar a nossa vida. Como tudo que existe, essas ferramentas tecnológicas têm seu lado bom e seu lado nem tanto.

A gente não costuma refletir muito sobre esse assunto, mas já percebeu que é pouco comum lembrarmos um telefone de cabeça? E quanto a fazer uma conta sem usar a calculadora? E descobrir o melhor caminho sem usar o GPS? Comodidade e preguiça ou praticidade e eficiência? Será que estamos enferrujando parte do nosso cérebro? Ou será que estamos economizando espaço na mente para coisas mais importantes como as novidades tecnológicas prometem?

Eu, particularmente, vejo que a organização pode ser uma excelente ferramenta de controle e que a tecnologia pode ser uma aliada para tornar possível a organização efetiva do tempo. Eu sou formada em ciência da computação, seria incoerente depor contra a tecnologia como ferramenta de controle. Mas por outro lado, vejo muitas ferramentas desnecessárias fazendo sucesso que não fazem muito para facilitar, de fato, a sua vida.

E independentemente do seu ponto de vista sobre esse tema, por via das dúvidas, te convido a exercitar a mente sempre que possível, que ache um tempinho para ajudar as crianças nas tarefas escolares, experimente um caminho novo sem a ajuda de aplicativos de GPS, teste a sua memória.

O meu ponto aqui é estimular a análise critica, o debate, o pensar. A ideia é que possamos ser seletivos quanto aos artifícios que usamos no dia-a-dia, para que, ao invés de "muletas", tenhamos escolhas conscientes e gestão efetiva do tempo. 

You Might Also Like

0 comentários

Faça parte da minha lista!