Como foi a prova?

05:00

Você se prepara, planeja, estuda e faz o que tinha que fazer (prova, teste, apresentação, relatório). Sensação de alívio...Acha que acabou? Então talvez você esteja deixando de aproveitar uma das etapas mais importantes para o aprendizado e sucesso nos estudos: a avaliação!

"E aí, como foi a prova?". Basta a gente sair, ainda com aquele ar cansado de quem acabou de sobreviver a uma batalha (e é mesmo uma batalha mental) e a primeira coisa que a gente escuta é isso. Dos pais, dos amigos, dos professores. Eu odiava. "Sei lá, acabei de sair, nem deu tempo de pensar nisso ainda".

Passei um bom tempo da minha vida de estudante (vida essa que dura até hoje aliás, porque eu continuo estudando, e recomendo que você continue por aí também) ignorando completamente esse momento de reflexão pós prova ou recebimento dos resultados. Eu olhava a nota depois e, se tivesse tudo bem, eu deixava pra lá. Até começar a estudar pro vestibular e me tocar de que a prova não importava. Eu precisava aprender. E eu só ia aprender se começasse a refletir sobre os resultados dos meus estudos. Se começasse a avaliar o que de fato eu sabia com relação ao conteúdo que eu tinha estudado, o que eu precisava melhorar, o que eu tinha mais facilidade, o que ainda precisava me dedicar mais.

Essa mudança de perspectiva com relação aos estudos mudou completamente a minha relação com o conteúdo, com os professores, com a minha rotina de estudos. Eu passei a sair das provas e identificar onde estavam as minhas dificuldades, o que tinha tomado mais o meu tempo. Eu recebia as provas e tentava entender o que eu tinha errado (mesmo quando a nota era boa, tipo acima de 8), ia conversar com os professores sobre as questões em que eu recebia alguns décimos mas não o ponto completo para entender o que tinha ficado faltando (ouvi de vários professores coisas tipo "mas você tirou uma nota boa, o que quer mais?" no que eu respondia: Aprender, ue! Ah, essa educação...).

Eu sempre gostei de estudar. Sempre fui do tipo que anota tudo, participa da aula, faz os exercícios, não "pesca" (ou "cola", como se diz no sudeste). Mas meu aprendizado mesmo começou aí. Eu tinha vontade de aprender. Eu queria entender o assunto, queria acompanhar a minha evolução. E isso me ajudou bastante. Primeiro, porque passei a encarar os estudos como algo contínuo e não como algo que acontecia só com o objetivo de passar de ano. E, depois, porque me motivou a estudar com ainda mais vontade. 

Encarar os estudos como um processo cíclico e constante é essencial para um bom resultado e aprendizado real. Avaliar os seus resultados, pensar nas suas dificuldades, na distribuição do tempo, na sua evolução, erros e acertos, tudo isso vai te ajudar a refinar seu planejamento para a continuação dos estudos. Por isso, na sua rotina de estudos, separe um tempo para essa etapa de avaliação e use a organização a seu favor.

E então...como vão as provas por ai?

You Might Also Like

0 comentários

Faça parte da minha lista!