Olá, Eu do Futuro!

05:00


Imagem de robô representando uma possível interação presente futuro através de e-mail

E se você pudesse bater um papo com você mesmo de cinco anos atrás, o que você diria? E, ao contrário, se você pudesse escrever para seu eu do futuro, desabafando e contando o que você está passando, o que você espera, sonha e planeja? Seria uma mensagem otimista? Você teria muito o que dizer? Parece roteiro de filme de ficção científica? E se eu disser que isso é possível seu eu do futuro trocar e-mail com seu eu de hoje?

O Futureme, por exemplo, é um site em que você pode escrever para si mesmo e agendar o recebimento para um, dois ou três anos pra frente ou mesmo em uma data específica (existe um outro chamado Lettermelatter também, mas não achei a carinha tão amigável e achei também um site em portugues, o Capsula do tempo). Você pode também escrever mensagens públicas e lá no site elas ficam visíveis pra todo mundo ver. Tem umas incriveis e super engraçadas.

"Mas porque é uma boa ideia usar um serviço como esse?", você pode estar se perguntando. Bom, eis algumas boas ideias de uso do serviço:

  • Enviar as suas resoluções de ano novo para checar no ultimo dia do ano o que você cumpriu ou não. Eu sempre registro minhas resoluções e olho novamente pra checar o que evoluiu, mas nunca tinha pensado em me enviar por e-mail, o que eu acho uma ótima. Já vou até fazer isso.
  • Escrever sobre alguma decepção ou situação difícil para no futuro poder ver que aquilo não passou de uma pedra no caminho, ou para te lembrar de coisas acontecimentos importantes. Vi uma reportagem em que os criadores contam que um senhor com Alzheimer passou a escrever para si mesmo todos os dias para se lembrar quem ele é e o que precisava saber, tipo filme mesmo sabe? Achei maravilhoso.
  • Motivação para realizar objetivos e metas a longo prazo. Receber motivação periódica te relembrando o porque de você estar fazendo aquilo pode fazer uma baita diferença no seu resultado. É um pouco você sendo seu próprio Coach.

Isso sem falar no valor histórico das cartas como conhecimento a respeito da sociedade de um período de tempo específico. Uma espécie de cápsula do tempo a ser descoberta por historiadores e antropólogos do futuro que dizem muito sobre o que somos como seres humanos hoje.

O prazer de ler uma carta que veio do passado pode ser maravilhoso. Lembra dos diários da adolescencia? É como se fosse uma versão hightech e direcionada deles. Perceber o quanto você evoluiu e alcançou ao longo dos anos ou apenas constatar o quanto mudou pode ser muito útil e libertador. Afinal a gente nunca se lembra das coisas boas que acontecem com a gente!

E aí, o que você diria para você mesmo daqui a alguns anos? Seja gentil com você mesmo!

You Might Also Like

0 comentários

Faça parte da minha lista!