A relação entre Música e Estudos

05:00

Quando falamos em estudos uma polêmica é sempre se a música ajuda ou atrapalha e hoje eu quero te ajudar a refletir sobre isso. Fato é que a musica interfere sim nos estudos e no aprendizado, resta saber se positiva ou negativamente.

Quem defende a música como uma boa alternativa para potencializar os estudos se baseia em pesquisas que demonstram que o estudo pode melhorar o desempenho escolar. Nessas pesquisas verificou-se que os sons das melodias interferem na frequencia mental estimulando áreas do cerebro relacionadas a memorização, imaginação e concentração.

Mas mesmo esses estudos, relativizam dizendo que esses benefícios variam conforme a disciplina ou mesmo o assunto a ser estudado. E que o tom e o estilo da música deve variar conforme o assunto. Já ficou mais complicado encontrar o ponto exato, percebeu?

Pelo que entendi dos estudos que eu li, a quantidade de batidas por minuto é o que mais interfere e é preciso encontrar a proporção ideal que leve ao seu relaxamento. E isso varia para cada pessoa, percebe? Algumas pessoas são mais ansiosas e agitadas ou possuem déficit de atenção, outras são mais caladas e tranquilas e se concentram com mais facilidade.

Pessoas mais agitadas podem precisar de sons mais agitados para relaxar, por mais que isso possa soar estranho. Por isso, eu acredito que a chave, como em qualquer técnica e novo hábito, é experimentar e ver o que funciona melhor para você.

Veja o que te deixa mais concentrado, o que te distrai menos. Afinal o objetivo é esse. Te deixar com o foco total no que precisa ser estudado e absorvido.

Comigo, que adoro música, se for um som que eu conheço ou uma letra interessante, já não funciona. Me distrai completamente. Eu vou ficar prestando atenção na música e divagando, pensando na vida e no que os sons me remetem. 

Já deu pra perceber que eu sou do time que defende o silêncio, né? Eu, realmente tenho dificuldade de me concentrar com músicas. Só funciona quando é instrumental...de leve só para disfarçar e homogeneizar o som do ambiente. Prefiro um local silencioso e um momento dedicado para isso. 

Mas sabe quando a música funciona pra mim? Quando preciso ler um livro na rua, algo que eu tenho o costume de fazer para aproveitar melhor o meu tempo. Eu já descobri que usar uma playlist com sons instrumentais me ajuda a focar e eliminar as distrações. Eu nem presto atenção na musica na verdade. O Spotify, por exemplo, tem várias playlists temáticas para estudos (Eu uso muito essa aqui), já viu? 

Outra coisa que eu já percebi também que interfere nessa questão da música ajudar ou não nos estudos é a fase do estudo em que eu me encontro. Se estou lendo algo pela primeira vez, algo que não conheço, um assunto que não domino, a música me atrapalha. Mas quando estou aplicando o conhecimento na prática, fazendo exercícios e resumos, aí a música me ajuda. O trabalho, quando é braçal, já tem em si o potencial de concentração e a música, nesse caso, contribui para deixar tudo mais interessante dar mais estimulo para se manter na atividade.

O ideal, de qualquer forma, é a música ser a coadjuvante e não a protagonista. Musica ambiente, aquela que toca nos filmes de fundo, sabe? Ajuda a dar o clima (tipo uma batida para uma sequencia de ação, uma marcação mais forte para um momento de suspense ou algo suave para o romance), mas não te desfoca do que está acontecendo...só ajuda a potencializar o efeito.

Organizar uma playlist de estudos pensando nesses aspectos é importante para que você não tenha que parar e interromper os estudos para trocar a música ou procurar a próxima. Cuidado também com as propagandas, caso opte por rádios ou programas de compartilhamento gratuitos.

Só para encerrar esse assunto de relacionar a música com os estudos, sabe o que é uma unanimidade? Que estudar música ajuda. Aprender um instrumento, tanto a teoria musical quanto a prática estimulam o cérebro. Os tempos musicais tem relação direta com a matemática e o raciocício. Eu já fiz aulas de violão e me lembro que os diferentes estimulos me ajudavam bastante com a concentração e foco.

Resumindo, a música pode ajudar sim, mas como exatamente só você vai saber dizer.
E então, o que acha? A música te atrapalha ou te ajuda? Me conta aqui nos comentários.

You Might Also Like

2 comentários

Faça parte da minha lista!