#ResenhaAvessodoCaos Conexão Essencial

05:00



Difícil falar de um livro que você torceu pra nascer como se fosse um afilhado. Gabriela Brasil, autora do livro, se tornou uma amiga. Ela tá comigo hoje (14/04/2018), aqui no Rio, no workshop de Autenticidade, diversidade e bullet journal da 3D Ordem. Ela me apresentou a organização digital e fomos nos aproximando nas nossas paixões comuns. Quando eu soube que ela escreveria um livro, fui a primeira a patrocinar a ideia. Meu nome tá lá nos agradecimentos. Vou tentar não ser tendenciosa na minha avaliação. Prometo.

O livro fala de organização digital para além das telas. É um bate papo com a Gabi, que compartilha sua jornada pessoal e desafios da nossa era tecnológica. Essa sensação de mergulhar no universo particular da Gabi te conecta com ela. Ainda que a sua relação com a tecnologia não seja como a dela (anterior ou atualmente), é possível perceber o impacto real dessa tecnologia. Você se toca do quanto estamos todos envolvidos e o quão assustadora é a dependência e o papel da tecnologia em nossas vidas.

E então, mais do meio para o final, aparecem as dicas práticas para lidar com esse quadro assustador e retomar o controle, através da organização. Se conectando consigo primeiro, para, então, se relacionar com o mundo, inclusive o digital. Já disse aqui, muitas vezes, que a organização é um hábito que pode ser aprendido e deve ser ensinado. E a Gabi fala algo muito parecido: "Organização pode ser aprendida. Organização é pra todo mundo. Organização deveria ser matéria ensinada na escola". Tenho certeza que a organização é uma ferramenta essencial para o nosso bem-estar, nesse mundo em constante mudança.

O livro também tráz dados assustadores sobre o mundo digital e sobre a relação doentia que as pessoas estão estabelecendo com a tecnologia. O valor do offline, a importância de utilizar a tecnologia com propósito. Mas, não só isso. Ela expõe os hábitos nocivos e sugere ações para substituí-los por hábitos saudáveis. Boas práticas de utilização da tecnologia. Muitas, aliás. Eu comecei a colocar em prática algumas delas, após a leitura do livro. E olha que eu, de certa forma, já tenho um olhar atento para o tema.

É importante pontuar que ele não é um livro com um passo a passo prático explícito. Não te diz exatamente o que fazer. Não que eu ache que deveria, mas pode, de alguma forma, te frustrar, se isso é o que você busca.

A linguagem é simples. O livro é envolvente. O objetivo é mostrar que CONEXÃO pode ser uma ferramenta de bem-estar. Conexão em todos os sentidos possíveis. Você no controle. Escolhendo o caminho a seguir, sabendo exatamente os riscos espalhados a sua volta.  

Eu, particularmente, por conhecer a Gabi e acompanhar seu trabalho, em alguns momentos, achei repetitivo. Mas não saberia te dizer se é porque eu já havia escutado boa parte das histórias antes. E, também, esperava um pouco mais. O livro é ótimo, não me leve a mal. Eu só queria poder ficar mais tempo com ele, com o tema, explorar mais, mergulhar mais profundamente. Talvez um tempo maior para outras questões que são pinceladas no livro. Quem sabe um segundo possa suprir essa minha carência. hehehehehe

Parabéns, Gabi! E que seja, mesmo, o primeiro de muitos!

A Gabi está esse mês (Abril de 2018) no Brasil lançando o livro e você pode saber mais sobre ele aqui. Amanhã (15/04/2018) é o lançamento aqui no Rio de Janeiro e eu estarei lá!

You Might Also Like

2 comentários

  1. Resenha quase imparcial (risos)
    Mesmo sendo "madrinha", conseguiu manter um distanciamento, dando dicas para os futuros leitores.
    O destaque informando que o livro "não te diz exatamente o que fazer" é importante para os novatos em relação à Gabriela Brasil.
    Quem acompanha a Gabi sabe que não existe solução universal, quando tratamos da individualidade humana.
    Parabéns pela resenha e parabéns pelo livro, Gabi!
    Excelente dobradinha!

    Denys Lessa (Prisma Vida Digital)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras e pelo carinho Denys!
      Com certeza, não existem formulas mágicas e solução universal. É uma pena que a gente ainda tenha que esclarecer isso, pois muitas pessoas ainda esperam resolver problemas com o mínimo de esforço possível. As soluções até podem ser simples, mas precisam de uma boa dose de autoconhecimento, coragem, tentativa e erro. Só assim a gente descobre o que funciona pra gente!
      Bjo grande e quero fazer uma dobradinha com você por aqui! ;)

      Excluir

Faça parte da minha lista!