#ResenhaAvessodoCaos A Arte da Procrastinação

04:55

Como realizar tarefas deixando-as para depois?

Nesse livro super divertido John Perry explica como funciona a dinâmica dos procrastinadores e introduz o conceito de Procrastinação Estruturada. O livro é interessantíssimo e eu li em 2 dias (isso significa 4 trechos de metrô, ou um total de pouco menos de 4 horas hehehehe). Deixa eu te contar um pouco do que aprendi com ele e os principais insights que eu tive lendo.

Primeiro a procrastinação estruturada se propõe a aproveitar uma característica dos procrastinadores que é adiar as coisas que precisam fazer. A idéia é que os procrastinadores fazem sim muitas coisas, só não fazem o que deveriam estar fazendo. Aproveitar isso é definir sempre coisas mais importantes ainda do que as coisas que você precisa fazer. Assim você acabará fazendo o que precisa para adiar ter que fazer as coisas mais importantes (uma lista de prioridades ordenada por importância onde você faria o que está abaixo na lista para evitar fazer o que está em cima). Parece piada não é? Mas faz sentido. Eu particularmente não sou procrastinadora nesse nível então não sei se funcionaria pra mim essa auto-enganação explicita, mas vale a tentativa.

O mais engraçado do livro é que o autor é procrastinador assumidíssimo e toda a narrativa é uma forma de perceber o funcionamento da mente de alguem que procrastina. Ele começa um assunto e vai desviando para outros abrindo e fechando parênteses. Chega a ser agoniante. Eu ficava pensando, minha gente, isso é cansativo. E acho que a mensagem é um pouco essa. Eu achava que alguém procrastinador é alguém preguiçoso, mas eu vi que na verdade é um pouco deficit de atenção sabe? Ele quer é saber sobre tudo e conhecer tudo e então acaba não fazendo nada.

Uma outra coisa legal que do livro é sobre lista de tarefas. Ela funciona super bem para os procrastinadores (pra todos nós não é verdade?) porque dá a motivação de ter conseguido alcançar algo e livra um pouco da culpa de não produzir. O mais legal é a ideia de listar também o que NÂO fazer. Super útil para um procrastinador tentar antecipar suas vontades de desviar das tarefas, colocar na lista alguns lembretes para não cair nessa espiral. Como "Não navegar pela internet" ou "Não checar o e-mail".

E uma coisa que ele propõe para ajudar procrastinadores a se manterem organizados é a organização horizontal. Ele fala que o mundo é feito para os não procrastinadores (assim como para os destros e não para os canhotos) e toda organização é vertical, com arquivos e pastas classificando e rotulando para acesso quando necessário. Porém para um procrastinador, o que ele não vê ele não acessa e consequentemente não faz, então o ideal seria ter bandejas com todas as informações e materiais necessários para todas as atividades que se precisa fazer visiveis e de fácil acesso.

O livro tem muito mais insights e eu ficaria aqui o dia todo falando sobre eles como sobre usar música para animar a realizar atividades.  Mas escolhi acima alguns dos pontos mais fortes para te motivar a procurar mais sobre o assunto. O primeiro passo para se organizar é mergulhar em si mesmo e no próprio caos. Esse livro para mim foi um mergulho na vida de um procrastinador e ainda estou elaborando maneiras de ajudar a virar esse caos do avesso.  Quem vem comigo?


Conhece algum procrastinador que adoraria ler sobre o assunto? Compartilha essa dica com ele. Você é um procrastinador? Então me conta quais as suas estratégias para realizar mais atividades.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá, Alice! Eu sou procrastinadora. E como tenho consciência disso, gosto de ler sobre o assunto. A lista de tarefas é uma das estratégias que mais me ajudam. Vou procurar o livro.
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vania! Imagina! Leia esse livro sim,pode te ajudar. E se precisar de ajuda para se organizar, conta comigo! ;)

      Excluir

Faça parte da minha lista!