#ResenhaAvessodoCaos - Livro "Jogue fora 50 coisas"

06:00



Nada melhor do que terminar o Setembro do Desapego com a #ResenhaAvessodoCaos do livro que inspirou tudo, certo?
Bom, já deu para perceber que eu adorei o livro, não é? Ele não chega a ser um livro de organização propriamente dita na verdade. A própria autora não se apresenta como organizada. 
O livro fala sobre desapegar-se de coisas, pessoas, sentimentos, pensamentos e crenças e os benefícios encontrados ao fazer isso. É um livro bem auto-ajuda, motivacional. Abre os olhos para a sua relação com suas coisas.

Como tenho falado por aqui, o desapego é o primeiro passo extremamente necessário para estabelecer e manter uma vida organizada. E é a parte mais difícil, porque envolve um mergulho em si mesmo, se perceber, se encontrar em essência. 
A organização parte do principio que você usa tudo que está sendo organizado, todo o processo é feito baseado no uso dos objetos para trazer a praticidade para o seu dia-a-dia. Se você acumula itens que não usa ou não tem significado para você a organização perde parte importante dos seus benefícios. Pode até ficar bonito e prático, mas não será tão útil e nem te possibilitará o ganho de tempo e esforço.

Voltando ao livro, algo que gostei bastante nele é a linguagem, a narrativa. A autora faz você se sentir batendo um papo leve com ela, porque compartilha com você a experiencia dela e de seus clientes, o que te deixa a vontade para pensar sobre sua própria forma de lidar com o desapego também.

Eu costumo ler fazendo anotações e marcando as passagens interessantes com post-its coloridos e nesse livro foram muitos (como dá pra ver na foto que ilustra esse post). Abaixo compartilho com vocês algumas passagens e insights meus:
  • A maior dificuldade no descarte é a tomada de decisão. Super concordo e até comentei um pouco sobre isso nos e-mails com a turma que participou do desafio.
  • O importante é ter um motivo tanto para guardar quanto para jogar fora. É a escolha consciente.
  • A bagunça esconde a clareza. Concordo 100%
  • Quando jogamos fora o lixo material, limpamos nossas mentes. Quando jogamos fora o lixo mental lavamos nossas almas. Esse também usei nos e-mails com a turma do desafio. Adoro essa frase!
  • Você pode se reinventar a qualquer momento. É desapegar até de si mesmo, afinal mudamos mesmo o tempo todo.
  • Você não pode alcancar um grande sucesso se não aceitar a possibilidade de um grande fracasso. Assumir o risco e tocar pra frente. 
  • Não existe perfeição. Esse eu já falei aqui no blog.
  • O mundo não pertence aos que se adequam, mas aos que se destacam. Esse eu optei por seguir quando desapeguei da necessidade de agradar.
  • O mundo se resume a um momento: quando optamos em ir em frente ou andar pra trás. E como diz minha querida empreendedora criativa Rafa Capai: o medo morre de medo da ação. Então vamo que vamo!
Acho que o livro pode ajudar muito nesse processo de descarte e em sua vida como um todo. É um livro que te da o suporte para repensar suas escolhas, o que você acumula e te dar aquele empurrãozinho extra para você praticar o desapego com firmeza. São coisas que me ajudaram e me estimularam, quem acompanhou pela newsletter percebeu. 

Mas não adianta fazer um descarte geral uma vez na vida e respirar aliviado. É preciso seguir em frente, revisando periodicamente para não deixar acumular novamente. E aproveitar a animação do descarte para colocar a casa em ordem! 

Vamos juntos virar o caos do avesso?

You Might Also Like

0 comentários

Faça parte da minha lista!