Organização e a Arte de dizer não

05:44


Quando começamos a interagir no mundo somos ensinados que a disponibilidade é uma ferramenta potente de socialização. E ficamos com a crença de que se dissermos não as pessoas estaremos as afastando de nós, gerando mágoas e demonstrando má vontade. Temos necessidade de aprovação e só costumamos dizer não quando estamos mais seguros na nossa relação com o outro, já percebeu? Você não consegue dizer não a um colega de trabalho mas vive dizendo não a seus pais!

É perfeitamente compreensível que no ambiente de trabalho você prefira estar mais disponível para não ser visto como alguém que não quer colaborar com o bom funcionamento do trabalho. Mas é preciso também deixar claro seus limites se não estiver confortável com o que está sendo solicitado a você ou não concordar com o que foi solicitado. A autenticidade também é valorizada no ambiente de trabalho. 

Claro que existem formas e formas e dizer não certo? Bater o pé, cruzar os braços ou simplesmente virar a cara sem maiores explicações não dá. Além disso, como tudo na vida, cabe o bom senso. Vão existir situações em que vai ser preciso engolir alguns sapos. O ponto aqui é um pouco definir o que são suas prioridades, decidir o que está disposto a aceitar e não ser levado pelas necessidades do outro. 

E porque um blog de organização está falando sobre isso? Porque esse é um dos maiores motivos pelos quais as pessoas não conseguem se organizar e se planejar. E, sem um certo domínio das variáveis envolvidas, realmente fica complicado administrar o seu tempo. "Foco é dizer não" disse Steve Jobs no que eu complemento "na hora certa". E para ter foco é preciso planejamento e organização. 
E como saber a hora certa? E como fazer isso sem grandes problemas? 
  • Primeiro, pense nas consequências do não e se prepare para elas. Vale a pena dizer sim? Se as consequências do não forem muito desastrosas talvez deva rever mesmo as prioridades. Ah, e não tem como antecipar a reação do outro completamente, você sempre pode se surpreender (tanto positiva quanto negativamente).
  • Elabore uma justificativa honesta sem julgamentos.
  • Seja gentil. Tudo é a forma com que você se posiciona.  
  • Se estiver muito emocionalmente envolvido, peça um tempo para pensar e analisar as consequências e argumentos antes de responder. 
Com certeza o clima chato que fica no ar com o "não" é menor do que a frustração de não dizer não quando gostaria. E não sou só eu que estou dizendo...tem uma frase atribuída a Einstein que diz: "Toda vez que você diz sim, querendo dizer não, morre um pedaço de você". Dizer não é importante para manter o equilíbrio emocional e envolve auto conhecimento. 
Não dizer não quando deveria e assumir compromissos (inclusive financeiros) não previstos sempre que solicitado é um grande ponto de atenção na sua relação com o tempo e interfere diretamente na sua organização pessoal. Pense nisso.
E você, sabe dizer não? Responda as perguntas abaixo com sim ou não e avalie:
  • Quando alguém me chama, largo o que estou fazendo e vou atender (principalmente se for algum superior ou cliente).
  • Dizer não às pessoas é uma demonstração de má vontade.
  • Às vezes fico sobrecarregado de trabalho, porque é difícil dizer não a um pedido de ajuda.
  • Nunca deixo de atender um telefonema ou uma visita inesperada, mesmo estando ocupado.
  • Minha porta está sempre aberta para todos.
  • As pessoas costumam se referir a mim como "pau para toda obra".
Se você respondeu Sim a 3 ou mais perguntas acima, precisa começar a avaliar melhor a forma como está lidando com as solicitações dos outros.

Fonte da imagem: pt.wix

You Might Also Like

0 comentários

Faça parte da minha lista!